segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007

O Pacto da Justiça!

Este blog está a ser criado, HOJE, dia cinco de Fevereiro de 2007, cerca das treze horas, para discutir, publicamente, o conceito de "prova" aplicado no "nosso" sistema judicial.

Também nos importa avaliar a forma como estão a ser aplicados os critérios do PACTO DA JUSTIÇA; ou seja, os meios e o empenho usados para persiguir cidadãos comuns, ao serviço de gente sem escrúpulos;

Em confronto com as desculpas de falta de meios e a comprovada falta de empenho para investigar e punir os crimes graves...

Ah! E para que conste, não sei quem é o titular do email existente no meu perfil, por isso solicito que não me escrevam para esse email. O email foi aqui inserido só para demonstrar que as "provas" que se dizem existir, contra mim, no proc. nº 3186/04.1JFLSB-01 não provam coisa nenhuma.

A questão prende-se com a situação descrita AQUI

No processo aqui referido foi deduzida uma acusação sem qualquer fundamento ou legitimidade, como se pode verificar facilmente avaliando factos (eu disse: FACTOS) e as respectivas DATAS. Contrariando o conceito, elementar, de prova ou indício, não existe qualquer coerência entre os vários supostos factos invocados. Basta verificar as respectivas datas.

Seguindo o mesmo raciocínio obtuso, a pedido de quem "mexe os cordelinhos", a procuradora Emília Serrão conseguiu "inventar" mais um processo a somar aos 8 referidos num dos artigos do link acima, para, com isso, continuar a usar os meios das instâncias judiciais na perseguição, chantagem e assédio que são o único objectivo de todos estes processos... Ou seja: as instituições da justiça ao serviço de criminosos; os mesmos a quem é garantida impunidade.

Em causa está a investigação da autoria dos blogues referidos nesse conjunto de artigos e os abusos e desmandos que têm sido cometidos e que se promete continuar a cometer, com esse pretexto.

Tudo isto se deve a uma denúncia que enviei à Procuradoria Geral da República, em cuja investigação dos factos de extrema gravidade que contém não houve qualquer empenho. Não foram investigados, esses factos. O emepenho e vontade que deveriam ser postos nessa investigação são usados para perseguir e molestar quem denuncia. Ao menos assim ficamos esclarecidos acerca da falácia da falta de meios ou da invocada dificuldade em "provar" os crimes grandes e graves. Neste processo não há problemas com as provas, se não existem inventão-se ou "promovem-se"...

Não há nenhuma maneira de determinar a autoria dum blog assinado com Nick, a não ser que o autor o assuma. E, mesmo assim, será necessário que o prove, porque ainda pode alguém dizer-se autor sem o ser...

Mas não adianta discutir estas coisas, óbvias, em processos judiciais eivados de má-fé, como é o caso, por isso iremos discuti-las publicamente.

Irei publicar todos os documentos em causa e também as peças processuais em meu poder.

Já que me acusam sem provas, ao menos irei ter o proveito e assumi-lo.

Voltarei em breve, com este mesmo assunto, para publicar ou republicar os documentos em causa.

3 comentários:

SEM PALAVRAS disse...

CARO AMIGO

Penso que quase todos os Portugueses estão a cair no erro de
quem nos governa são ESTUPIDOS, não acredito nessa.

É para está tudo, mas tudo planeado
antecipadamente "PARA SER ASSIM ", e deste modo o Zé diz eles são "ESTUPIDOS", NÃO SENHOR FAZEM BEM O SEU PAPEL.

UM ABRAÇO

Anónimo disse...

que otario vai ler tudo isssssso mente insana

Estupidos disse...

Meu caro Sem Palavras

Não sei se está "tudo planeado" mas que "isto é uma engrenagem maldita, não tenho dúvidas. É, mais ou menos, a mesma coisa mas tem diferenças: quando está tuido planeado alguma coisa pode falhar e "eles" não falham quanto ao essencial; numa engrenagem as coisas rolam e que tem poder só precisa de "deixar andar" sem nada fazer para alterar.

"ilustre" anónimo

Quem lê "Tudo Isto" ou o que quer que seja são, normalmente as pessoas instruídas, letradas, alfabetizadas... Parece não ser o seu caso e acredito que o analfabetismo seja comum, mas ele também é "uma peça importante da engrenagem e tem de ser irradicado.